ESPORTES

Jogadores da Escola de Futebol da Rotam são selecionados para a categoria de base do Cuiabá Esporte Clube

Publicados

em

Três alunos do projeto social da Polícia Militar foram selecionados para jogar no time cuiabano. Cuiabá Esporte Clube é o líder da Série B do Brasileirão

Mais dois jogadores da Escolinha de Futebol do Batalhão Rotam da Polícia Militar foram aprovados na seletiva da categoria de base do Cuiabá Futebol Clube. Marco Antônio de Oliveira, de 15 anos, e Alexandre Albuquerque, de 14 anos de idade, se juntam a Gabriel Rodrigues, goleiro do projeto selecionado no início deste mês para o Sub-14 do time cuiabano, atual líder da Série B do Campeonato Brasileiro.

Há um ano, os jogadores Marco Antônio e o Alexandre Albuquerque entraram para jogar futebol no projeto social Escolinha Grêmio Rotam. Os adolescentes participaram da seletiva do Cuiabá nos dias 8 e 9 de outubro. Morador do bairro Santa Terezinha, Marco Antônio é zagueiro. Já Alexandre Albuquerque, que faz questão de dizer que é canhoto, joga na posição de meio campo.

Alexandre ressalta que a oportunidade de ingressar para a categoria de base de um time profissional é apenas o começo da realização de um sonho. Animado, o adolescente atribui sua conquista a Deus e aos seus professores da escolinha Rotam.

Leia Também:  Instituto Butantan confirma que Cuiabá sediará novo centro de pesquisa para testagem de vacina contra a Covid-19

“Estou há um ano na Escolinha Grêmio Rotam. Com o esporte aprendi muita coisa, sou grato aos meus treinadores, que tanto me ensinaram sobre a vida e o futebol nesse projeto. Agradeço muito a força que os sargentos Renildo e Padilha e o professor Douglas me deram e estão me dando. Sou muito grato a Rotam por ter dado essa oportunidade”, destaca Alexandre.

A Escola de Futebol da PM é um projeto social de prevenção primária. A iniciativa desenvolvida pelos policiais do Batalhão Rotam atende gratuitamente 100 crianças e adolescentes carentes, entre 06 e 15 anos de idade. Com a recente aprovação de Marco Antônio Alexandre Albuquerque, a escolinha chega a três alunos selecionados para jogarem no Cuiabá. No começo do mês de outubro, o goleiro Gabriel Rodrigues de 14 anos foi aprovado para jogar no sub- 14 do time da capital mato-grossense.

O comandante do Batalhão Rotam, tenente-coronel Paulo César e toda a equipe da unidade especializada da PM recepcionaram na última semana, os mais novos talentos da bola do Cuiabá. No encontro, os participantes fizeram questão destacar e reconhecer todo o esforço e empenho dos alunos e dos policiais que ensinam futebol no projeto voluntariamente.

Leia Também:  Instituto alerta para calor extremo e risco de morte em Cuiabá

“Ficamos contentes por colaborar de alguma forma com a realização desse sonho de ser jogador de futebol. A Escolinha Rotam ensina os alunos do projeto a manter a disciplina, priorizar a escola com boas notas. A vitória deles eleva ainda mais a nossa ação social promovida pelo nosso batalhão PM. Os nossos policiais contam com o apoio da família destas crianças e adolescentes, eles confiam no nosso trabalho; oferecemos aulas de futebol três vezes na semana, então a nossa equipe fica muito orgulhosa pelas conquistas dos nossos alunos”, diz o tenente-coronel.

Escola de Futebol da Rotam

A escola atende crianças e adolescentes oferecendo gratuitamente aulas de futebol que ocorrem na sede do projeto, no Parque Georgia, no Coxipó, na capital. Toda a equipe de professores que atua no projeto social é formada por policiais militares graduados em Educação Física.

 

Fonte: PM MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Sem Luxa, Palmeiras troca de técnico pelo 7º ano seguido

Publicados

em

Último técnico que finalizou uma temporada completa no comando do Verdão foi Gilson Kleina em 2013

Com a queda de Vanderlei Luxemburgo, Conforme noticiado em primeira mão pelo LANCE!/NOSSO PALESTRA, após a derrota por 3 a 1 para o Coritiba no Allianz parque, o Palmeiras seguirá sem conseguir manter o mesmo técnico durante uma temporada completa pelo sétimo ano seguido.

A última vez que um treinador iniciou e completou uma temporada no Verdão foi em 2013, quando Gilson Kleina comandou o Alviverde na campanha do título da Série B.

Desde então, dois presidentes e três diretores de futebol passaram pelo Verdão, e nenhum deles conseguiu manter um trabalho de janeiro a dezembro no comando técnico da Sociedade Esportiva Palmeiras.Felipão chegou a permanecer por mais de um ano no cargo entre 2018 e 2019, entretanto, chegou para substituir Roger Machado com a temporada em andamento e foi demitido na metade do ano seguinte.
Maurício Galiotte busca agora o oitavo técnico de sua gestão, com a esperança de entregar um projeto de longo prazo para o próximo presidente do Palmeiras, em 2021.

Relembre todos os técnicos que passaram pelo Palmeiras desde 2014:

Leia Também:  Polícia Militar começa a implantar patrulhamento agrícola em Mato Grosso

2014: Gilson Kleina, Ricardo Gareca e Dorival Júnior

2015: Oswaldo de Oliveira e Marcelo Oliveira

2016: Marcelo Oliveira e Cuca

2017: Eduardo Baptista, Cuca e Alberto Valentim

2018: Roger Machado e Luiz Felipe Scolari

2019: Luiz Felipe Scolari e Mano Menezes

2020: Vanderlei Luxemburgo

Fonte: Midia News

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

MAIS LIDAS DA SEMANA