MATO GROSSO

Bombeiros encontram corpo de jovem de 19 anos que se afogou em represa em Nova Mutum-MT

Publicados

em

A equipe de mergulhadores da 5ª CIBM acaba de informar que encontraram o corpo do jovem Adrian Gadda, 19 anos, que estava desaparecido desde a da tarde do último domingo (26), após se afogar na represa de uma fazenda na zona rural, cerca de 40 km de Nova Mutum/MT.
A Polícia Civil bem como a Perícia Oficial e Identificação Técnica POLITEC já foram informadas e são aguardadas no local, os mergulhadores encontraram o corpo as 13h58 desta segunda-feira (27/09).
Adrian Gadda, 19 anos, estava com um amigo no momento em que se afogou, segundo o amigo da vítima, ambos haviam almoçado, 20 minutos após foram até a represa, sentaram as margens, trocaram ideia e posteriormente entraram na água.
Adrian e seu amigo estavam na beira da represa quando começaram a nadar até um tablado.
Chegando no tablado, Adrian sentiu falta de ar, se abraçou no amigo, e ambos afundaram, após voltarem a superfície, Adrian pediu para que seu amigo buscasse um barco, pois ele não aguentava mais nadar.
O amigo também cansado conseguiu correr e buscar o barco, no momento em que chegava próximo da vítima, por volta de 2 metros de distância, Adrian afundou.
O amigo pulou do barco para tentar resgatar Adrian, mas não obteve êxito.
Fonte: Power mix
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  UM DOS 10 FUGITIVOS DA CADEIA DE NOVA MUTUM É RECAPTURADO EM ALTO PARAGUAI
Propaganda

MATO GROSSO

Deputado apresenta projeto para isenção de pedágio à profissionais da educação da rede pública

Publicados

em

Por

Proposta visa garantir a gratuidade para os servidores que precisam se deslocar de uma cidade à outra

O deputado estadual Valdir Barranco (PT) apresentou, em novembro, na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), o Projeto de Lei nº 1074/2021, que isenta os profissionais da educação da rede pública estadual de ensino, do pagamento de pedágio rodoviário em todo Estado, quando esse profissional tiver que se deslocar de um município à outro para trabalhar.

Segundo Barranco, o objetivo principal do PL é garantir o direito ao trabalho, da maneira mais correta possível, para esses profissionais e lhes dar mais tranquilidade sem saber que irão gastar diariamente para irem até o trabalho.

“Os valores cobrados nos pedágios pesam no orçamento doméstico de qualquer cidadão, sobretudo quando este cidadão se desloca diariamente entre municípios que possuem praça de pedágio. Por isso a isenção da cobrança se faz necessária, pois existe uma grande quantidade de servidores da educação que necessitam se deslocar de uma cidade a outra, muitas vezes utilizando carros próprios, para o exercício de suas funções legais”, justificou o parlamentar.

Leia Também:  Saúde estadual repassa R$ 18,9 milhões aos municípios de Mato Grosso

Para serem beneficiados com a isenção, os servidores terão de comprovar que são proprietários do veículo e devem estar em dia com suas atividades profissionais. Toda a documentação terá de ser apresentada aos órgãos de fiscalização. “Isso valoriza os profissionais que se deslocam até outros municípios para colaborar em áreas fundamentais da sociedade, como saúde e educação”, declarou Barranco.

Fonte:PEDRO LUIS VELASCO DE BARROS / Gabinete do deputado Valdir Barranco

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ARENÁPOLIS

NOTÍCIAS DA REGIÃO

POLICIAL

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA