MATO GROSSO

Cuiabá registra 1º caso do país de animal infectado pela covid-19

Publicados

em

A possível infecção de outro gato e de um cachorro está em estudo

O primeiro caso animal de estimação a testar positivo para o coronavírus Sars-CoV-2 do Brasil foi descoberto em Cuiabá, no Mato G

rosso. É uma gatinha de poucos meses. Ela não tem sintomas da Covid-19 e contraiu a doença

de seus donos este mês. A possível infecção de outro gato e de um cachorro está em estudo. A gatinha foi testada positiva pelo exame molecular de PCR, padrão ouro para o coronavírus, pela pesquisadora Valéria Dutra, professora da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT), em Cuiabá.

A cientista adverte que pessoas infectadas pelo coronavírus devem se manter isoladas de seus animais. A gata foi infectada pelo Sars-CoV-2 porque teve contato com os donos durante o período de isolamento deles.

O caso acende o alerta para o risco de as pessoas transmitirem o coronavírus para os animais. Investiga-se a hipótese de estes poderem, então, contaminar gente e outros bichos. Isso não só aumentaria os meios de transmissão quanto os reservatórios do vírus, apesar de, por ora, sejam somente hipóteses, sem comprovação.

Leia Também:  Sete meses após 1º caso, MT perdeu mais de 3.700 mil pessoas para a Covid-19

Em laboratório, na China, mostrou-se ser possível que gatos transmitam a doença para outros felinos. Mas não se sabe se podem transmitir para seres humanos e sequer se o contágio entre felinos é fácil. A suposição é de que não seja.

 

Fonte: Repórter MT

 

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

MATO GROSSO

Saúde estadual repassa R$ 18,9 milhões aos municípios de Mato Grosso

Publicados

em

O Governo de Mato Grosso, por meio da Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT), efetivou o repasse de R$ 18,9 milhões aos Fundos Municipais de Saúde. O valor é relativo a sete programas vigentes no Estado e, com as transferências, a gestão estadual segue em dia com os repasses do atual exercício.

“O Governo do Estado mantém a rigorosidade nos repasses junto aos municípios, daquilo que é de sua responsabilidade, e faz um grande esforço para assegurar o pagamento de recursos, a fim de garantir os serviços aos pacientes do Sistema Único de Saúde”, declarou o secretário estadual de Saúde, Gilberto Figueiredo.

De acordo com informações da Secretaria Adjunta de Aquisições e Finanças da SES, todas as transferências são referentes à competência de outubro de 2020, exceto pelo repasse de manutenção das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) ao município de Cuiabá, no valor de R$ 1,7 milhão, relativo a julho de 2020.

Destes R$ 18,9 milhões, a gestão estadual repassou R$ 9,1 milhões para a manutenção dos serviços de Média e Alta Complexidades (MAC) e destinou R$ 5,1 milhões ao custeio dos Serviços da Atenção Primária dos 141 municípios mato-grossenses.

Leia Também:  Três cidades de MT têm taxa de óbito por Covid-19 mais alta que a média nacional

Já R$ 1,7 milhão foi destinado exclusivamente à manutenção dos serviços prestados nas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

No que se refere ao desenvolvimento e implementação dos Consórcios Intermunicipais de Saúde, a Secretaria repassou R$ 772,1 mil, valor dividido entre 123 municípios.

Também foi transferido o recurso total de R$ 375 mil pelo Programa de Incentivo à Regionalização das Unidades de Reabilitação, Hemoterapia e Saúde Mental, implementado em 113 cidades de Mato Grosso.

Para os municípios que integram o programa de Implantação do Ambulatório de Atenção Especializada Regionalizado em Hanseníase, ainda foi destinado o total de R$ 60 mil.

Fonte: AMM
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

MAIS LIDAS DA SEMANA