Mundo

Morre Paulo Gustavo, aos 42 anos, após lutar bravamente contra a Covid-19

Publicados

em

 

Esta é a notícia que o Brasil não queria receber, morreu na noite desta terça-feira (4), o ator e humorista Paulo Gustavo, de 42 anos, ele estava internado há mais de 80 dias no Hospital Copa Star, no Rio de Janeiro, desde que foi diagnosticado com a Covid-19.

No último dia 13 de março, por causa das primeiras complicações causadas pela grave doença provocada pelo novo coronavírus, poucos dias depois ele teve uma piora no quadro de saúde precisou ser levado para a Unidade de Tratamento intensivo e foi entubado.

O quadro de saúde do ator, casado com o médico Thales Bretas, com quem teve dois filhos, Romeu e Gael, teve uma piora considerável e no último dia 2 de abril ele passou a receber o suporte para a vida conhecido como ECMO, este equipamento funciona como um pulmão artificial.

Neste pouco mais de um mês sendo tratado com o apoio da ECMO, Paulo Gustavo enfrentou algumas complicações e precisou ser submetido a vários procedimentos cirúrgicos para fechar algumas fístulas bronco-pleurais e uma hemorragia no pulmão.

Leia Também:  Fumaça das queimadas se estende por mais de 4 mil quilômetros e atinge países vizinhos

Na última segunda-feira (03/05), a equipe médica que cuida de Paulo Gustavo anunciou que o ator teve uma piora súbita e grave. Foi diagnosticada uma fístula brônquio-venosa nos pulmões do humorista que causaram uma “embolia gasosa disseminada”, que provocou lesões graves no cérebro e insuficiência cardíaca. Os médicos afirmaram que naquele momento o estado de saúde de Paulo Gustavo era extremamente crítico.

Na tarde desta terça-feira(04/05), a família de Paulo Gustavo foi chamada pela equipe médica e foram flagrados chorando no saguão do hospital. A noite um boletim médico revelou que o quadro de Paulo Gustavo era irreversível; confira:

“Após a constatação da embolia gasosa disseminada ocorrida no último domingo, em decorrência de fístula brônquio-venosa, o estado de saúde do paciente vem deteriorando de forma importante. Apesar da irreversibilidade do quadro, o paciente ainda se encontra com sinais vitais presentes”, disse a nota.

A morte do ator foi confirmada por volta das 22 horas desta triste terça-feira(04/05).

Não há informações sobre velório e sepultamento do ator.

Leia Também:  Vacinas contra a Covid-19 serão testadas em voluntários de Mato Grosso

Fonte: Atualidades Clube

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mundo

Banco Mundial fará estudos para concessão de corredor ferroviário entre Lucas do Rio Verde e Ilhéus

Publicados

em

Por

Um acordo de parceria fechado entre o Ministério da Infraestrutura e o Banco Mundial (Bird) vai permitir estruturar o projeto do corredor ferroviário Leste-Oeste, ligando Lucas do Rio Verde a Ilhéus (BA), para futura concessão à iniciativa privada. Pelo documento, os estudos de viabilidade serão feitos pelo Banco Mundial e vão abranger a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (FICO) e os trechos 2 e 3 da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (FIOL), totalizando 1,9 mil quilômetros.
O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, e a diretora do Banco Mundial para o Brasil, Paloma Anós Casero, destacaram a importância da parceria para o País. “Esse projeto representa uma transformação. A ideia é termos um grande corredor ferroviário Leste-Oeste, integrado ao sistema Norte-Sul”, disse o ministro. “Esse futuro corredor tem muito potencial tanto do ponto de vista econômico como climático”, afirmou a diretora do Bird.
O trecho 1 da FIOL, entre Caetité (BA) e Ilhéus (BA), vai a leilão no próximo dia 8 de abril. Já o trecho 2 da ferrovia, entre Caetité e Barreiras (BA), está em obras pela Valec, com previsão de conclusão em 2022. O trecho 3 da FIOL, que vai ligar Barreiras a Figueirópolis (TO) ou Mara Rosa (GO), ainda precisa de financiamento para sair do papel.
Já a FICO, entre Mara Rosa e Água Boa, já em Mato Grosso, será construída pela Vale como contrapartida da renovação antecipada da Estrada de Ferro Vitória-Minas (EFVM). O projeto do trecho 2 da FICO está sendo elaborado, prevendo ligação entre Água Boa e Lucas do Rio Verde.
Os termos de referência para os estudos de viabilidade técnica, econômico-financeira, ambiental e jurídica (EVTEA) estão sendo tratados entre a Empresa de Planejamento e Logística (EPL), vinculada ao MInfra, e a Corporação Financeira Internacional (IFC), braço do Banco Mundial. Segundo divulgado pelo Ministério da Infraestrutura, o “projeto será orientado por diretrizes socioambientais de forma a garantir não apenas uma boa modelagem para a futura concessão, mas também para atrair investidores que priorizem empreendimentos sustentáveis”.
Fonte: Só Notícias
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Trump encara provável revés em contagem na Geórgia e vê chances encolherem
Continue lendo

ARENÁPOLIS

NOTÍCIAS DA REGIÃO

POLICIAL

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA