Mundo

Venezuela recebe doses da vacina russa para nova fase de testes

Publicados

em

A vice-presidente da Venezuela, Delcy Rodríguez anunciou nas redes sociais que o país fará parte da tarceira fase de testes da vacina russa contra o coronavírus, a Sputinik V. As doses da vacina desembarcaram no aeroporto internacional Simón Bolívar nesta sexta-feira (2).

“É um dia histórico para toda a Venezuela, estamos aqui no Aeroporto Internacional Simón Bolívar, é um evento que não hesitamos em classificar como histórico para o nosso país”, diz a publicação no twitter.

De acordo com o ministro da saúde, Carlos Alvarado o país deverá iniciar a produção da vacina, assim que os testes forem finalizados. A vacinação dos voluntários deve começar ainda neste mês.

A vacina foi desenvolvida pelo Instituto de Pesquisa de Epidemiologia e Microbiologia Gamaleya, em Moscou, que foi aprovado em testes clínicos entre os meses de junho e julho, e foi registrado na Rússia em 11 de agosto. Agora, a vacina entra na fase 3 dos testes, com 40.000 participantes.

“É uma grande emoção que a Venezuela seja o primeiro país do Hemisfério Ocidental a participar da fase 3 dos ensaios clínicos desta vacina”.

Leia Também:  Brasil não terá vacinação em massa em 2021, diz vice-diretora-geral da OMS

 

Fonte: R7.COM

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

Mundo

Família presume morte de parente, congela corpo e descobre 20 horas depois que ele estava vivo

Publicados

em

Balasubramanian Kumar estava doente e acamado há algum tempo, por isso, na segunda-feira (12)

Um idoso de 74 anos passou cerca de 20 horas em uma câmara mortuária após seus parentes presumirem que ele havia morrido. O caso ocorreu em Kandhampatti, no Sul da Índia.

Balasubramanian Kumar estava doente e acamado há algum tempo, por isso, na segunda-feira (12), quando viram que ele não estava se movendo, familiares imaginaram que ele não havia resistido.

A família encomendou um dispositivo para conservar o corpo a fim de realizar uma cerimônia fúnebre, mas no dia seguinte a despedida, quando um funcionário foi até a casa do “morto” para recolher a câmara, percebeu que o idoso apresentava sinais vitais.

De acordo com o jornal “Daily Mail”, a polícia foi chamada ao local e agora está investigando parentes do idoso, que podem responder por não terem feito um exame médico adequado antes de declarar a morte de Kumar. O subinspetor da Polícia de Sooramangalam, Rajasekaran, disse ao jornal “The Independent” que os parentes podem ser acusados de conduta negligente e por terem colocado em perigo a vida do idoso.

 

Leia Também:  Vacinação contra COVID-19 inicia no próximo mês em SP

Fonte: Repórter MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

MAIS LIDAS DA SEMANA