POLICIAL

Agredido durante roubo, dono de posto bate cabeça na calçada, vai embora para casa e morre

Publicados

em

O dono do Posto Júnior, Manoel Messias Lopes Filho de 56 anos, morreu na quarta-feira (25), horas depois de ser assaltado durante uma caminhada, no bairro Parque Sagrada Família, em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá). Ele foi agredido, bateu a cabeça no chão e teve uma fratura no crânio, o que causou a morte. Os bandidos não foram identificados.

 

Segundo informações, o empresário caminhava próximo ao shopping do município quando foi abordado por criminosos. Violentos, eles o agrediram durante a ação e a vítima acabou batendo a cabeça na calçada. Manoel não morreu na hora, ele se levantou foi para casa e só se queixou de dores horas depois, já de noite.

 

Com fortes e intensas dores, a esposa o levou para o Hospital Municipal, onde ele recebeu atendimento. Mas o quadro clínico foi agravado e ele não resistiu, morrendo em seguida.

 

A Polícia Civil esteve no local para apurar mais informações e o corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) para exame de necropsia.

Leia Também:  Mulher é assassinada a facadas dentro de casa em Mato Grosso; marido é suspeito do crime

 

Roubo 

Os suspeitos, que fugiram logo após cometerem o assalto, ainda não foram identificados. A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis está investigando o caso e conta com a ajuda de câmeras de segurança instaladas pela avenida para identificar os bandidos.

 

Dono do posto em Rondonópolis, uma das suas funcionárias usou as redes sociais para relembrar Manoel. “Não sei descrever o quanto está doendo, o quanto vc foi importante em minha vida. Só tenho agradecer a Deus pela nossa amizade, pelo patrão maravilhoso que vc foi, um pai nos momentos mais difíceis que passei. Obrigada por tudo meu amigo, que Deus te dê um bom lugar. Te amarei eternamente”, lamentou.

Fonte: Gazeta Digital

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLICIAL

Câmera flagra homem sendo executado em MT; amigo fica ferido

Publicados

em

Fonte: Mídia News

Uma câmera de segurança registrou o momento em que dois homens foram baleados na tarde desta terça-feira (14), em Cáceres (218 km de Cuiabá). Um deles morreu.

 

As vítimas estavam fazendo reparos mecânicos em uma motocicleta quando dois home, também em uma moto, pararam com sua moto ao lado de e iniciaram os disparos.

 

Conforme informações da Polícia Militar, Wellington Thiago Cunha Leonel, 22 anos, morreu ainda no local, a outra vítima, que não teve a identidade revelada, foi socorrida com ferimentos leves.

 

As vítimas pararam na rua Ros Macucos e pelas imagens é possível ver que elas estavam tentando consertar uma motocicleta.

 

Em um certo momento, a dupla de atiradores chega em uma motocicleta e o garupa atira várias vezes contra os homens, que caem no chão. Pelas imagens é possível perceber que eles chegam a conversar por um breve momento antes dos disparos.

Segundo o delegado da Polícia Civil, Marlon Nogueira, a suspeita é que o crime seja decorrente de uma guerra entre facções criminosas. No entanto, até o momento não há informações sobre antecedentes criminais das vítimas.

Leia Também:  Mais de 80% dos focos de calor registrados em MT foram durante o período proibitivo e ICV aponta ineficiência de medida

A polícia segue as investigações do crime. Ninguém foi detido até o momento. Não há informações sobre o estado de saúde do sobrevivente.

Assista ao vídeo:

 

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ARENÁPOLIS

NOTÍCIAS DA REGIÃO

POLICIAL

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA