POLÍTICA

Botelho diz que defenderá recomposição da RGA na LOA 2023

Publicados

em

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (União Brasil) afirmou que vai liderar a discussão para tentar garantir que a Revisão Geral Anual (RGA) a ser paga pelo Governo aos servidores estaduais em 2023 seja acima da inflação, a fim de repor perdas de anos anteriores.

 

Nesta semana, a Casa enterrou um projeto de decreto legislativo que liberava o pagamento de 4,19% da RGA de 2018 ao funcionalismo. O benefício não foi pago naquele ano por conta de uma decisão do Tribunal de Contas (TCE-MT), que viu irregularidades.

 

Segundo Botelho, apesar da matéria ter sido arquivada, isso não significa o fim do debate no Legislativo.

 

“A discussão do PDL (Projeto de Decreto Legislativo) foi encerrada, mas a discussão pela RGA pode continuar”, afirmou.

“Eu defendo que na próxima LOA [Lei Orçamentária Anual] haja recomposição da RGA e mais alguma coisa, se a gente tiver espaço para isso. Uma recomposição dessa parcela que ficou para trás”, acrescentou.

 

Botelho refere-se aos índices de RGA que não foram pagos pelo Estado entre 2019 e 2021. No primeiro ano de Governo, o impedimento foi em razão de estouro de gastos com folha de pessoal, com índice acima dos limites estabelecidos na Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF).

Leia Também:  Botelho diz que MT encerra ano com pujante crescimento econômico

 

Nos anos seguintes, o que impediu o pagamento foi a Lei Complementar Federal 173/2020, que proibia Estados, municípios e União de conceder qualquer tipo de reajuste aos servidores públicos até 31 de dezembro de 2021.

 

No início deste ano, o Executivo concedeu 7% de RGA aos servidores e assegurou que, a partir de então, essa seria uma agenda permanente do Estado.

Até 2021, os sindicatos dos servidores apontavam que as perdas salariais acumuladas desde 2018, quando o pagamento da RGA foi suspenso, somavam 22%.

 

Projeto “enterrado”

 

O projeto de decreto legislativo votado nesta semana foi arquivado por 11 votos a 8. Havia 20 parlamentares presentes na sessão e o presidente, Eduardo Botelho, não vota.

 

Apesar do pedido feito pelos servidores presentes nas galerias, a votação foi por maioria simples e não nominal, portanto não houve divulgação dos nomes dos parlamentares que votaram a favor e contra a matéria.

 

O texto derrubava um entendimento do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que suspendeu o pagamento do restante da RGA de 2018, no patamar de 4,19%.

Leia Também:  Prefeito Eder Marquis articula e consegue com o Deputado Botelho a Duplicação da MT 240, no trecho entre Arenápolis e Nortelândia.

Nesta semana, o secretário-chefe da Casa Civil, Rogério Gallo, afirmou que o índice já configura como “ganho real”, por ter ficado acima da inflação daquele ano.

Fonte: Mídia News

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Davi Oliveira alcança 2º lugar em pesquisa de intenção de votos

Publicados

em

Divulgada pelo jornal Diário da Serra nesta quarta-feira (15), a pesquisa revelou as intenções de votos dos eleitores de Tangará da Serra para Deputado Estadual, Deputado Fed

eral, Governador ePresidente da República. Segundo os dados apresentado, o atual vereador e pré-candidato a Deputado Estadual Davi Oliveira foi escolhido por 10.74% dos
eleitores, ocupando assim o 2º lugar e ficando atrás apenas de Dr. João. Oliveira que segue sendo uma grande aposta dos eleitores não só de Tangará, mas também da região, expressou otimismo e gratidão ao ver a colocação conquistada. “É uma satisfação muito grande ver o resultado da dedicação que tenho tido em meu trabalho em prol da sociedade sendo apontado como escolhido em meio a tantos nomes. Meu maior objetivo é continuar fazendo a diferença onde quer que eu ande, na vida do máximo de pessoas que eu puder. Só posso agradecer a confiança mais uma vez depositada no meu trabalho e dizer que situações como essa me deixam imensamente feliz pela escolha do caminho até aqui percorrido.” Ressaltou Davi. Como uma margem de erro de 4.86% a pesquisa está registrada no TRE-MT sob o Número 05863/2022 tendo sido realizada entre os dias
09 e 12 de junho. Os dados completos podem ser conferidos no link do site: http://www.diariodaserra.com.br/Noticia/Detalhes/MTk3NTU5/PESQUISA-DS-%E2%80%93-Dr-Joao-e-Wagner-Ramos-tem-larga-vantagem-sobre-os-demais-candidatos-tangaraenses

Leia Também:  França quer fortalecer feiras em Cuiabá

Fonte: Assessoria de Comunicação

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ARENÁPOLIS

NOTÍCIAS DA REGIÃO

POLICIAL

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA