POLÍTICA

Juiz manda soltar policial que matou foragido com tiro na nuca em Cuiabá

Publicados

em

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso mandou soltar o investigador da Polícia Civil, Leonel Constantino de Arruda, responsável pela morte de Anderson Conceição de Oliveira, 32 anos, no Centro de Cuiabá, no último dia 6 de maio. A decisão é dessa terça-feira (17).

Para assinar o alvará de soltura, o juiz João Bosco Soares da Silva verificou que Leonel é policial civil e tem ocupação e residência física.

“O indiciado é tecnicamente primário e não possui condenações pretéritas, possui bons antecedentes, além de possuir ocupação lícita e endereço fixo, consequentemente, não há fato concreto do periculum libertatis”, diz trecho da decisão.

No alvará de soltura, o magistrado determinou que o Leonel Constantino deve comparecer a todos os atos processuais que se fizerem necessários, em especial em eventual audiência de instrução e julgamento.

Além disso, ele também deve comunicar qualquer mudança de endereço. “Advirta-se ao acusado, que o descumprimento das medidas cautelares acima, poderá ensejar a decretação de sua prisão preventiva”.

Relembre o caso

O policial civil Leonel Constantino de Arruda foi preso na sexta-feira (06), após atirar em Anderson Conceição de Oliveira, 32 anos, no Centro de Cuiabá.

Leia Também:  Juarez Costa defende saída de MT da ‘Amazônia Legal’: ‘a gente ganha muito mais podendo produzir’

Anderson foi até a delegacia, localizada na Avenida Prainha, para registrar um boletim de ocorrência por extravio de documento. Durante checagem no sistema policial, foi constatado que ele tinha um mandado de prisão definitiva em aberto.

A prisão havia sido decretada no ano passado pela 2ª Vara Criminal da Comarca de Cuiabá, pelo crime de roubo majorado. Desde então, o homem era considerado foragido da Justiça.

Ao receber voz de prisão, Anderson saiu correndo da delegacia. O policial correu atrás e, durante a perseguição, acabou atirando na nuca do homem. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e constatou a morte da vítima ainda no local.

O caso segue sendo apurado.

Fonte: Repórter Mt

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Davi Oliveira alcança 2º lugar em pesquisa de intenção de votos

Publicados

em

Divulgada pelo jornal Diário da Serra nesta quarta-feira (15), a pesquisa revelou as intenções de votos dos eleitores de Tangará da Serra para Deputado Estadual, Deputado Fed

eral, Governador ePresidente da República. Segundo os dados apresentado, o atual vereador e pré-candidato a Deputado Estadual Davi Oliveira foi escolhido por 10.74% dos
eleitores, ocupando assim o 2º lugar e ficando atrás apenas de Dr. João. Oliveira que segue sendo uma grande aposta dos eleitores não só de Tangará, mas também da região, expressou otimismo e gratidão ao ver a colocação conquistada. “É uma satisfação muito grande ver o resultado da dedicação que tenho tido em meu trabalho em prol da sociedade sendo apontado como escolhido em meio a tantos nomes. Meu maior objetivo é continuar fazendo a diferença onde quer que eu ande, na vida do máximo de pessoas que eu puder. Só posso agradecer a confiança mais uma vez depositada no meu trabalho e dizer que situações como essa me deixam imensamente feliz pela escolha do caminho até aqui percorrido.” Ressaltou Davi. Como uma margem de erro de 4.86% a pesquisa está registrada no TRE-MT sob o Número 05863/2022 tendo sido realizada entre os dias
09 e 12 de junho. Os dados completos podem ser conferidos no link do site: http://www.diariodaserra.com.br/Noticia/Detalhes/MTk3NTU5/PESQUISA-DS-%E2%80%93-Dr-Joao-e-Wagner-Ramos-tem-larga-vantagem-sobre-os-demais-candidatos-tangaraenses

Leia Também:  MARIDO APANHA DA ESPOSA, MAS DIZ QUE AINDA A AMA EM CUIABÁ

Fonte: Assessoria de Comunicação

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

ARENÁPOLIS

NOTÍCIAS DA REGIÃO

POLICIAL

ESPORTES

MAIS LIDAS DA SEMANA