POLÍTICA

“O avião mal decolou e já caiu; não deu tempo nem de pensar”

Publicados

em

Candidata ao Senado diz que, apesar do susto, irá continuar a cumprir a agenda de campanha

A candidata ao Senado, tenente-coronel Rúbia Fernanda (Patriota), disse que “nem deu tempo de pensar” ao relatar o grande susto sofrido nesta quinta-feira (15), quando a aeronave em que viajava sofreu uma pane e precisou fazer um pouso forçado em Primavera do Leste (a 242 km de Cuiabá).

Ao MidiaNews, a coronel disse que, no momento da pane, apenas pensou em tentar acalmar um dos assessores que viajava com ela.

“Na hora passou pela minha cabeça socorrer o menino que estava na aeronave comigo. Porque ele ficou desesperado, queria descer do avião de qualquer jeito e eu falava para ele ter calma, que a gente ia sair daquela situação”, disse.

De acordo com a candidata, tudo ocorreu muito rápido e ela celebrou que, apesar do susto, ninguém se feriu. Ao todo, seis pessoas viajavam a bordo do bimotor Seneca, que seguia em direção a Barra do Garças, onde ela cumpriria agenda de campanha.

Leia Também:  MPE revela que prefeito transferiu 12 imóveis à holding para fugir de bloqueios judiciais em MT

“Foi uma coisa tão rápida que não deu tempo nem de pensar. Quando o avião começou a decolar, ele caiu. Não deu tempo de raciocinar”, relembrou.

“O susto foi grande, principalmente por causa do solavanco, mas ninguém sofreu um arranhão. Não deu tempo nem do piloto avisar que o avião estava caindo. Ele mal decolou e já caiu”, completou.

Militar há 24 anos e casada com o tenente-coronel da Polícia Militar Wanderson Nunes – que estava no voo -, a candidata afirmou que ambos conseguiram se manter calmos, porque já lidaram com situações difíceis antes, mas confessou que a falta de controle da situação a preocupou.

“Já tinha passado susto em viagem de carro, já sofremos acidentes não graves, mas com avião você não tem domínio algum. Mas não fiquei com medo e vou continuar. Bola para frente. Só vou precisar reorganizar minha agenda”, afirmou.

Fonte: Midia News

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍTICA

Zaque diz estar pronto para o TJ, mas acha assunto prematuro

Publicados

em

O promotor de Justiça Mauro Zaque afirmou que está preparado para assumir uma cadeira de desembargador no Tribunal de Justiça de Mato Grosso na vaga dedicada ao quinto constitucional.

O Poder Judiciário abriu nove novas vagas para desembargadores no início deste ano. Destas, duas serão dedicadas ao quinto constitucional – uma para membros do Ministério Público do Estado e outra para a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Zaque foi questionado pela imprensa acerca de estar preparado para assumir o posto, e garantiu que sim.

“Lógico, mas também tenho colegas de grande valor e competência e estão preparados também. Mas temos que ter a vaga, não há o que se falar em eventual disputa se não houve a vaga”, afirmou o promotor.

Nos bastidores, Zaque é um dos mais lembrados pelos colegas para ocupar a cadeira. Apesar disso, o promotor evitou tecer comentários sobre a postulação.

“Primeiro tem que abrir a vaga. Enquanto essa vaga não for aberta, tudo que se fala é especulação. A gente não tem parâmetro para avaliar. Torço para que isso aconteça logo”, disse.

Leia Também:  MPE revela que prefeito transferiu 12 imóveis à holding para fugir de bloqueios judiciais em MT

Outros nomes

Conforme apurado pelo MidiaNews, além de Zaque há ao menos seis membros do órgão – entre promotores e uma procuradora – que estão interessados na cadeira.

No primeiro grupo estão os promotores de Justiça Arnaldo Justino, Adriano Augusto Streicher, Wesley Sanches Lacerda, Lindinalva Rodrigues e Márcia Furlan. No segundo, a procuradora é Eunice Helena Rodrigues.

Fonte: Midia News

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

MAIS LIDAS DA SEMANA