ESPORTES

Sem Luxa, Palmeiras troca de técnico pelo 7º ano seguido

Publicados

em

Último técnico que finalizou uma temporada completa no comando do Verdão foi Gilson Kleina em 2013

Com a queda de Vanderlei Luxemburgo, Conforme noticiado em primeira mão pelo LANCE!/NOSSO PALESTRA, após a derrota por 3 a 1 para o Coritiba no Allianz parque, o Palmeiras seguirá sem conseguir manter o mesmo técnico durante uma temporada completa pelo sétimo ano seguido.

A última vez que um treinador iniciou e completou uma temporada no Verdão foi em 2013, quando Gilson Kleina comandou o Alviverde na campanha do título da Série B.

Desde então, dois presidentes e três diretores de futebol passaram pelo Verdão, e nenhum deles conseguiu manter um trabalho de janeiro a dezembro no comando técnico da Sociedade Esportiva Palmeiras.Felipão chegou a permanecer por mais de um ano no cargo entre 2018 e 2019, entretanto, chegou para substituir Roger Machado com a temporada em andamento e foi demitido na metade do ano seguinte.
Maurício Galiotte busca agora o oitavo técnico de sua gestão, com a esperança de entregar um projeto de longo prazo para o próximo presidente do Palmeiras, em 2021.

Relembre todos os técnicos que passaram pelo Palmeiras desde 2014:

Leia Também:  Jogadores da Escola de Futebol da Rotam são selecionados para a categoria de base do Cuiabá Esporte Clube

2014: Gilson Kleina, Ricardo Gareca e Dorival Júnior

2015: Oswaldo de Oliveira e Marcelo Oliveira

2016: Marcelo Oliveira e Cuca

2017: Eduardo Baptista, Cuca e Alberto Valentim

2018: Roger Machado e Luiz Felipe Scolari

2019: Luiz Felipe Scolari e Mano Menezes

2020: Vanderlei Luxemburgo

Fonte: Midia News

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ESPORTES

Flamengo leva golaço, empata com Bragantino e fecha rodada em 3º

Publicados

em

Mesmo atuando dentro de casa, no Maracanã, Rubro-Negro não teve forças para virar para cima do time paulista e perdeu chance de liderar o torneio

O Flamengo perdeu uma excelente oportunidade de assumir a liderança do Campeonato Brasileiro. Mesmo atuando em casa, no Maracanã, o atual campeão não passou de um empate com o vice-lanterna Red Bull Bragantino, na noite desta quinta-feira (15) e, agora com 31 pontos, igualou Atlético-MG e Internacional, mas perde para os dois nos critérios de desempate.

Os gols do jogo foram marcados por Claudinho, uma pintura, para abrir o placar para os paulistas, e por Lincoln, que empatou para o Rubro-Negro.

Os dois times voltam a atuar pelo Brasileirão no próximo domingo. Enquanto o Flamengo faz um clássico nacional com o Corinthians, em São Paulo, o Bragantino recebe o Sport em Bragança Paulista.

Primeiro tempo morno
Como antecipado por Domènec Torrent, o fato de entrar em campo em um intervalo de 50h pela segunda vez fez o Flamengo atuar com sete mudanças em relação à vitória com o Goiás, na terça. Ainda assim, Isla e Everton Ribeiro, que estiveram em campo há dois dias pelas respectivas seleções, iniciaram a partida. Foi com os dois pela direita, inclusive, que o time mais produziu na etapa inicial, mas não chegou a ameaçar a meta defendida pelo goleiro Cleiton.

Leia Também:  Los Angeles Lakers derrota Miami Heat e conquista título da NBA

O Bragantino, mais descansado, porém com desfalques importantes, como Artur e Matheus Jesus, foi mais incisivo, especialmente nos 20 minutos iniciais. Claudinho obrigou Hugo a fazer uma boa defesa, enquanto o ponta Bruno Tubarão deu trabalho pela esquerda. O placar, contudo, seguiu zerado até o intervalo.

Golaço logo de cara
Com Vitinho no lugar de Pedro, o Flamengo viu o desafio aumentar logo aos 20 segundos da etapa final. Em jogada bem trabalhada, Ytalo acionou Claudinho: em velocidade e com categoria, o camisa 10 deixou Léo Pereira para trás e finalizou forte de pé esquerdo: 1 a 0 para o Red Bull Bragantino no Maracanã.

Empate… e só!
Em desvantagem, o time de Torrent passou a ocupar o campo de ataque, enquanto o Bragantino aguardava o apito final – nem mesmo os contragolpes foram explorados pela equipe de Maurício Barbieri na segunda etapa. O desgaste do Rubro-Negro era visível, mas a blitz acabou dando certo. Aos 24, com outros cinco companheiros dentro da área rival, Lincoln empatou após cruzamento de Isla.

Apesar da insistência do Flamengo – que terminou o jogo com quatro atacantes -, o Bragantino resistiu à pressão, e a rede não voltou a balançar no Maracanã.

Leia Também:  Flamengo leva golaço, empata com Bragantino e fecha rodada em 3º

FLAMENGO 1X1 RED BULL BRAGANTINO

 

Fonte; R7

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

CATEGORIA

MAIS LIDAS DA SEMANA